Sema-DF oferece oficina gratuita sobre uso sustentável da água

As Oficinas de Água, Gênero e Pertencimento: Cidadania para o Uso e Governança Sustentável da Água nas Bacias Hidrográficas do Descoberto e Paranoá acontecerão entre os dias 31 de maio e 26 de junho, pela plataforma Zoom, com carga horário de 16 horas e certificado.

O curso, aberto aos moradores das regiões prioritárias, tem como objetivo resgatar o papel importante das mulheres na proteção dos recursos hídricos das bacias hidrográficas do Descoberto e do Paranoá.

A iniciativa faz parte do Projeto CITinova, realizado pela Sema no Distrito Federal, e integra as atividades de boas práticas para conservação da água e do solo, cujo foco é a busca por segurança hídrica, considerando a contribuição dessas bacias para o abastecimento público no DF.

“Em cenários de insegurança hídrica, os maiores impactos estão nas rotinas domésticas, em sua maioria, sob responsabilidade das mulheres, por isso, o processo de sensibilização da sociedade sobre o uso sustentável e a proteção da água, sem dúvida, passa também pela mobilização do segmento feminino”, explicou Nazaré Soares, coordenadora do CITinova pela Sema-DF.

Para a coordenadora do projeto, fortalecer este envolvimento “é um dos caminhos para as ações de conservação das águas, que podem ainda motivar os participantes, homens e mulheres, a atuarem em projetos organizacionais, ambientais e de governança da água”.

São quatro módulos com conteúdos técnicos e atividades lúdicas dentro da programação. Durante as oficinas, os participantes serão convidados a expressarem, de forma artística, o conhecimento adquirido e suas percepções. Ao final de cada módulo, os trabalhos serão fotografados e enviados para a formação de um painel de representação coletiva do tema.

Informações: Assessoria de Comunicação Sema/CITinova
Foto de abertura: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Serviço

Oficinas de Água, Gênero e Pertencimento à Bacia Hidrográfica
Data: 31 de maio a 26 de junho de 2021
Canal: Plataforma Zoom
As inscrições podem ser feitas até 28 de maio pelo e-mail contato@cirat.org ou pelo WhatsApp (61) 99595-7856


Leia também