Skip to content

PARCEIROS

O Projeto multilateral é realizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), com apoio do Fundo Global para oMeio Ambiente (GEF, na sigla em inglês), implementação do Programa das Nações Unidas para o MeioAmbiente (PNUMA) e executado em parceria com a Agência Recife para Inovação eEstratégia (ARIES) e Porto Digital, Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), Programa Cidades Sustentáveis (PCS) e Secretaria do Meio Ambiente (SEMA/GDF).

Diretora Nacional
Marcela Aboim Raposo
(Coordenação Geral do Clima/MCTIC)

Coordenadora Técnica
Alexandra Reschke 

Coordenadores ONU Meio Ambiente
Asher Lessels

Coordenadores parceiros coexecutores
Camila Lopes (ARIES/Porto Digital)
Isadora Freire (ARIES/Porto Digital)
Marco Lobo (CGEE)
Zuleica Goulart (PCS)
Nazaré Soares (SEMA/GDF)

Aries • Porto Digital
Luana Alves
Felipe Ribeiro

CGEE
Monique Pinheiro
Raiza Fraga

PCS
Beto Gomes
Carolina Guimarães
Clara Meyer Cabral
Sérgio Frazão Helene

SEMA/GDF
André Luiz Farias de Souza
Cesar Vinícius de Paula Ferreira
Luciana Cruz

Equipe de Comunicação
Patrícia Negrão (coordenação/CITinova)
Felipe Ribeiro (ARIES/NGPD)
Bianca Torreão e Gabriela Albuquerque (CGEE)
Luanda Nera (PCS)
Gabriela Fonseca (SEMA-GDF)

Informações para imprensa
Patrícia Negrão • Coordenadora de Comunicação
patricianegrao@cidadessustentaveis.org.br
+55 11 3894-2401+55 11 999-376-785

Parceiros coexecutores

Financiador multilateral
Agência implementadora
Agência executora

Diagnóstico de contaminação do Lixão da Estrutural

Identificação e analise dos atuais níveis de contaminação e definição de indicativos conceituais dos parâmetros e critérios a serem utilizados para a remediação ambiental do solo, da água superficial e subterrânea, do ar e dos resíduos sólidos. Esse é o maior lixo a céu aberto da América Latina e se encontra em processo de desativação.

Remediação do Lixão da Estrutural

Implantação de experiências pilotos para remediação do Lixão da Estrutural com técnicas inovadoras como: fitorremediação para teste de absorção de poluentes em um hectare do Lixão; modelo de transporte de contaminantes subterrâneos; tratamento do chorume.

Recuperação ambiental nas bacias hidrográficas do Descoberto e Lago Paranoá

Restauração de 60 hectares em áreas de nascentes nas regiões prioritárias do Descoberto e da Serrinha do Paranoá.