ARIES apresenta plataforma de dados sobre desenvolvimento para Prefeitura do Recife

Monitorar e analisar dados sobre a capital pernambucana são atividades essenciais para conduzir o planejamento e a gestão da cidade. Pensando nisso, a Agência Recife para Inovação e Estratégia (ARIES), parceira coexecutora do projeto CITinova, desenvolveu o Painel de Indicadores, uma ferramenta para subsidiar os gestores na elaboração de ações e políticas públicas.

A nova ferramenta também será fundamental para o recifense realizar cobranças e acompanhar o desenvolvimento da cidade, para que o Recife se torne a cidade do futuro, conforme as diretrizes do Plano Recife 500 Anos.

A versão preliminar do Painel de Indicadores foi apresentada na tarde desta quarta-feira, 4, em reunião presencial no gabinete do prefeito do Recife, João Campos.

Além do gestor, estavam presentes o presidente da Agência Recife para Inovação e Estratégia (ARIES), Marcos Baptista e equipe; Leonardo Bacelar, secretário de Política Urbana e Licenciamento; Felipe Martins, Secretário de Planejamento, Gestão e Transformação Digital; a Secretária executiva de Planejamento, Pâmela Jimenez; Marcos Toscano, da Assessoria Especial e Gilberto Prazeres, chefe do Gabinete de Imprensa do Município.

Este foi o primeiro de uma série de encontros promovidos pela ARIES junto aos poderes do Estado para oficializar a entrega do Painel de Indicadores para a capital pernambucana.

Por ser um instrumento vivo, o planejamento estratégico do Recife está sempre aberto para atualizações diante de novos cenários. Durante a reunião, além de reforçar seu compromisso com o Plano Recife 500 Anos, o Prefeito João Campos colocou sua equipe à disposição para novas agendas visando contribuir com o Painel de Indicadores.

Segundo Marcos Baptista, presidente da ARIES, o encontro marca a primeira etapa de apresentação e entrega da ferramenta ao Município e ao Estado. “A partir de agora iremos fazer os aprimoramentos necessários junto com o Município, Estado e demais responsáveis pelos indicadores”, comenta Baptista.

O planejamento estratégico do Recife propõe grandes transformações na cidade visando o marco temporal de 2037, quando Recife será a primeira capital do Brasil a completar 500 Anos.

Diante do desafio de medir as mudanças implementadas, o Painel foi construído a partir de 350 indicadores, com dados baseados em referências nacionais e internacionais, como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, a ISO 37120, os eixos do Programa Cidade Sustentável (PCS), e as informações do World Council on City Data (WCCD), organização internacional de coleta de dados que compara o nível de desenvolvimento das cidades ao redor do mundo.

Além do Plano Recife 500 Anos, o Painel integra o CITinova, um projeto multilateral para a promoção de sustentabilidade nas cidades brasileiras por meio de tecnologias inovadoras e planejamento urbano integrado, executado na capital pernambucana pela Agência Recife para Inovação e Estratégia e financiado pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF, na sigla em inglês), um dos maiores financiadores de projetos ambientais no mundo.

Por Giselle Cahú; equipe de comunicação ARIES/CITinova.

Apresentação do Painel de Indicadores do Plano Recife 500 Anos. Foto:Giselle Cahú

Foto de aberturaFoto: Gadelharia Indústria Criativa

Leia também